Sir Cadogan

Dia de Nascimento: Desconhecido
Varinha: (segundo a lenda) Espinheiro-negro e bigode de trasgo, 23 centímetros, inflamável
Casa de Hogwarts: Grifinória
Habilidades especiais: Bravura insana
Parentesco: Pai bruxo, mãe bruxa
Família: Acredita-se que três esposas o deixaram, há rumores de que ele teria dezessete filhos conhecidos.

Antes de a comunidade bruxa ser forçada a se esconder, não era incomum para um bruxo viver na comunidade trouxa e manter o que hoje entendemos como trabalho trouxa.

Acredita-se amplamente nos círculos bruxos que Sir Cadogan era um dos famosos Cavaleiros da Távola Redonda, embora pouco conhecido, e que ele conseguira esta posição através de sua amizade com Merlin. Ele certamente foi retirado de todos os volumes trouxas da história do Rei Arthur, mas as versões bruxas dos contos incluem Sir Cadogan ao lado de Sir Lancelot, Sir Bedivere e Sir Percivale. Estes contos mostram que ele é cabeça-quente e apimentado, e corajoso ao ponto da temeridade, mas um bom homem no fim das contas.

O encontro mais famoso de Sir Cadogan foi com a Serpe de Wye, uma criatura dragônica que estava aterrorizando o Ocidente do país. Em seu primeiro encontro, a fera comeu o belo corcel de Sir Cadogan, mordeu sua varinha ao meio e derreteu sua espada e viseira. Incapaz de enxergar através do vapor que surgia de seu capacete derretendo, Sir Cadagon mal escapou com vida. No entanto, ao invés de fugir, ele cambaleou em um pasto próximo, pegou um pônei gordo, pequeno, que estava por lá, saltou em cima e galopou de volta para a serpe com nada além de sua varinha quebrada em sua mão, preparado para enfrentar uma corajosa morte. A criatura abaixou a cabeça assustadora para engolir Sir Cadogan e o pônei, mas a varinha fragmentada e em brasas perfurou a língua dela, fazendo com que as emanações gasosas subissem do estômago dela e causassem sua explosão.

Bruxas e bruxos idosos ainda usam o ditado ‘Eu vou levar o pônei de Cadogan’ para dizer ‘eu farei o melhor que puder em uma situação complicada’.

O retrato de Sir Cadogan, que está pendurado no sétimo andar do Castelo de Hogwarts, o mostra com o pônei que ele montou para sempre (o qual, talvez compreensivelmente, nunca gostara muito dele) e retrata com precisão seu temperamento quente, o seu amor por desafios temerários e sua determinação para vencer o inimigo, venha o que vier.

Traduzido por: Gabriel Guimarães em 21/12/2012.
Revisado por: Marina Anderi em 23/12/2012.
Postado por: Daniel Mählmann em 11/01/2013.