Professor Kettleburn

Aniversário: 22 de Novembro
Varinha: Castanheiro e pena de fênix, vinte e nove centímetros, flexível
Casa de Hogwarts: Lufa-lufa
Habilidades especiais: Conhecimento enciclopédico de criaturas mágicas, coragem
Pais: Pai e mãe bruxos
Família: Sem esposa, sem filhos
Hobbies:Criaturas perigosas são seu trabalho e hobby

Silvano Kettleburn era o professor de Trato das Criaturas Mágicas em Hogwarts até o terceiro ano de Harry, quando foi substituído por Rúbeo Hagrid.

Kettleburn era um homem entusiasta, por vezes imprudente, cujo grande amor pelas criaturas perigosas que estudava e cuidava fazia com que ferisse a si próprio e, às vezes, outros. Esse fato levou a nada menos que sessenta e dois períodos de licença médica durante o tempo em que trabalhou na escola (um recorde que não foi superado). Como Hagrid depois dele, ele estava propenso a subestimar os riscos na criação de Occamys, Grindylows e Caranguejos de Fogo; uma vez fez com que o Grande Salão pegasse fogo depois de encantar um Cinzal para que interpretasse a Minhoca em um peça de ‘A Fonte da Sorte’.

Kettleburn era um homem amável e excêntrico, de modo que seu contínuo emprego na escola era prova do quanto os alunos e funcionários gostavam dele. Ele terminou sua carreira com um único braço e meia perna. Quando se aposentou, Alvo Dumbledore o presenteou com membros mágicos de madeira que têm de ser substituídos regularmente, já que o habito de Kettleburn de visitar santuários de dragões em seu tempo livre significava que suas próteses frequentemente pegavam fogo.

Traduzido por: Mari Trevisan em 28/12/2012.
Revisado por: Marina Anderi em 29/12/2012.
Postado por: Daniel Mählmann em 11/01/2013.