Núcleos das Varinhas

Varinhas têm núcleos feitos de substâncias mágicas. As de Olivaras têm núcleos de pena de fênix, pelo de unicórnio ou fibra de coração de dragão.

As seguintes observações sobre os três principais núcleos para varinhas usados pelo Sr. Olivaras são retirados de suas próprias anotações.

No começo da minha carreira, enquanto eu assistia o meu pai fazer varinhas e lutar com subpadronizados materiais para núcleo como cabelo de Cavalo-do-Lago, eu concebi uma ambição em descobrir os mais finos núcleos e trabalhar apenas com eles quando chegasse minha hora de assumir o negócio da família. Isso eu fiz. Depois de muita pesquisa e experimentação, eu concluí que apenas três substâncias são capazes de produzir varinhas de qualidade suficiente para eu dar o ilustre nome Olivaras: Pêlo de unicórnio, fibra de coração de dragão e pena de fênix. Cada um desses materiais caros e raros tem sua propriedade mágica distinta. A seguir, represento um pequeno sumário de minhas pesquisas de cada um dos Núcleos Supremos. Os leitores devem ter em mente que cada varinha é composta de um corpo de madeira e um núcleo, e adquire a experiência de seu dono. As tendências de cada uma devem contrabalançar ou superar a da outra; então esta é apenas uma visão geral de um objeto muito complexo.

Unicórnio
O pêlo de unicórnio costuma produzir um tipo mais consistente de mágica, que é menos sujeita a flutuações e bloqueios. Varinhas com núcleo de unicórnio geralmente são mais difíceis de utilizar para Artes das Trevas. São as varinhas mais confiáveis, e costumam manter uma forte ligação com seu primeiro dono, independente de ter sido um bruxo ou bruxa rígido.

Outra desvantagem do pêlo de unicórnio é que eles não fazem varinhas muito fortes (embora a madeira compense), pois podem gerar certa melancolia caso sejam muito maltratadas, o que significa que o pêlo de unicórnio pode “morrer” e precisar ser trocado.

Dragão
Como uma regra, fibra de coração de dragão produz as varinhas mais poderosas, e que são capazes de fazer os feitiços mais elaborados. Varinhas de dragão tendem a aprender mais rápido do que as feitas de outros objetos. Uma vez que tenha sido tomada de seu mestre, ela cria um forte vínculo de fidelidade com seu dono atual.

As varinhas de dragão são melhores com Artes das trevas, embora ela não vá mudar por vontade própria. Esse também é, dos três núcleos, o mais inclinado a acidentes, sendo um pouco temperamental.

Fênix
Esse é o mais raro dos núcleos. Penas de fênix são capazes de fazer uma grande variedade de feitiços, embora ela leve um tempo maior que as de dragão ou unicórnio para revelar isso. Elas mostram mais iniciativa, às vezes agindo por vontade própria, uma qualidade que muitos bruxos e bruxas não apreciam.

Varinhas de pena de fênix são as mais críticas em se tratando de futuros donos, e as criaturas que elas escolhem são as mais independentes e destacadas do mundo. Essas varinhas são as mais difíceis de se personalizar, e sua fidelidade geralmente é algo difícil de se conquistar.

Traduzido por: Ismael Philip em 20/08/2011.
Revisado por: Bruna Thalenberg em 24/08/2011.
Postado por: Daniel Mählmann em 11/09/2011.