Sonserina

Parabéns! Eu sou a monitora Gemma Farley e estou honrada em recebê-lo na CASA SONSERINA! Nosso símbolo é a serpente, mais sábia das criaturas; as cores da nossa casa são verde esmeralda e prateado, e a entrada para nossa Sala Comunal encontra-se escondida nas masmorras. Como você verá, as janelas dão para as profundezas do lago de Hogwarts. É bem comum vermos a lula gigante passar – e, às vezes, até criaturas mais interessantes. Faz com que nós sintamos que nosso salão tem a aura de um misterioso naufrágio subaquático.

Agora, há algumas poucas coisas que você deve saber sobre a Sonserina – e algumas que você deve esquecer.

Primeiramente, vamos dissipar alguns mitos. Você deve ter ouvido rumores sobre a Sonserina – que todos fazemos Artes das Trevas, e que só vamos falar com você se seu bisavô foi um bruxo famoso, e besteiras do tipo. Bom, você não deve acreditar em tudo o que ouve de casas concorrentes. Eu não estou negando que nós produzimos nossa porção de Bruxos das Trevas, mas as outras três casas também – eles apenas não gostam de admitir. E sim, nós tradicionalmente tendemos a aceitar estudantes que venham de uma longa linhagem de bruxos e bruxas, mas nos dias de hoje você encontrará várias pessoas na Sonserina que tenham ao menos um parente trouxa.

Aqui está um fato pouco conhecido que as outras casas não comentam muito: Merlin era da Sonserina. Sim, o próprio Merlin, o bruxo mais famoso da história! Ele aprendeu tudo o que sabia nessa mesma casa! Você quer seguir os passos de Merlin? Ou você prefere sentar na antiga mesa daquele ilustre ex-Lufano, Eglantine Puffett, inventor do Pano de Prato Auto-Ensaboante?

Acho que não.

Mas já basta sobre o que não somos. Vamos falar sobre o que nós somos, que é a mais legal e mais mordaz casa da escola. Nós jogamos para vencer, porque nos importamos com a honra e as tradições da Sonserina.

Nós também somos respeitados por nossos colegas estudantes. É, uma parte desse repeito deve ser tingido pelo medo, por causa de nossa reputação sombria, mas quer saber? Pode ser divertido ter a reputação de andar do lado errado. Dê algumas dicas de que você tem acesso a uma biblioteca inteira de maldições, e veja se alguém vai querer roubar o seu estojo.

Mas nós não somos maus. Somos como nosso emblema, a serpente: lustrosos, poderosos e frequentemente mal entendidos.

Por exemplo, nós da Sonserina nos preocupamos com nós mesmos – o que não pode ser dito da Corvinal. Além de serem os maiores cê-dê-efes que você já conheceu, os Corvinos são famosos por ajudarem um ao outro a tirar notas altas, enquanto nós da Sonserina somos irmãos. Os corredores de Hogwarts podem surpreender os imprudentes, e você se dará bem se tiver as Serpentes ao seu lado enquanto anda pela escola. Até que se prove o contrário, uma vez que você se torna uma serpente, você é um dos nossos – você é da elite.

Por que, você sabe o que Salazar Slytherin procurava em seus alunos escolhidos? As sementes da grandeza. Você foi escolhido por esta casa porque tem o potencial para ser ótimo, no sentido literal da palavra. Certo, você pode ver uma dupla de pessoas no Salão Comunal que talvez não pareçam destinadas a algo especial. Bom, guarde isso para você. Se o Chapéu Seletor os colocou aqui, há algo de bom neles, não se esqueça disso.

E falando de pessoas que não estão destinadas à grandeza, ainda não mencionei os Grifinórios. Olha, muitas pessoas dizem que Sonserinos e Grifinórios representam os dois lados da mesma moeda. Pessoalmente, eu acho que os Grifinórios são apenas Sonserinos descartados. Veja só, algumas pessoas dizem que Salazar Slytherin e Godric Grifinória estimaram os mesmos tipos de alunos, então nós supostamente somos mais parecidos do que gostaríamos. Mas isso não significa que nos misturamos com Grifinórios. Eles gostam de nos vencer quase tanto quanto nós gostamos de vencê-los.

Mais algumas coisas que você deve saber: o fantasma da nossa casa é o Barão Sangrento. Se você for amigo dele, às vezes ele concorda em assustar as pessoas para você. Só não pergunte como ele se tornou sangrento: ele não gosta.

A senha do Salão Comunal muda a cada duas semanas. Fique de olho no quadro de avisos. Nunca traga alguém de outra casa para nosso Salão Comunal ou lhes diga a senha. Nenhum intruso entrou lá por mais de sete séculos.

Bom, acho que isso é tudo por ora. Tenho certeza de que você irá gostar dos dormitórios. Dormimos em antigas camas de quatro colunas, com cortinas de seda verde, e colchas bordadas com fios prateados. Tapeçarias medievais ilustrando as aventuras de famosos Sonserinos cobrem as paredes, e lanternas de prata pendem do teto. Você dormirá bem; é muito calmante ouvir a água do lago bater contra as janelas de noite.

Traduzido por: Ismael Philip em 29/08/2011.
Revisado por: Gabriel Amaral em 13/09/2011.
Postado por: Daniel Mählmann em 16/09/2011.