Familiares

O conceito de “familiares” existe no folclore britânico há centenas de anos. Familiares são animais (alguns chamam de espíritos com forma animal) que servem a uma bruxa de várias maneiras, como criados, mensageiros ou até mesmo espiões. Relatos históricos sobre bruxaria mencionam familiares; a tais animais são atribuídos dons sobrenaturais, e acredita-se que são demônios (ou o próprio diabo) disfarçados.

Familiares, em seu sentido exato, não existem no mundo de Harry Potter. Apesar dos estudantes de Hogwarts terem permissão para levarem animais para a escola com eles, os gatos e ratos que vemos ali são, em geral, animais de estimação. Ironicamente, o animal que age como um familiar tradicional na série toda é a Madame Norris, que pertence ao único habitante não-mágico do castelo, Argo Filch. É verdade que corujas são enviadas como mensageiras na série, mas isso é no contexto de um altamente organizado serviço de correios, não diferente do pombo-correio dos trouxas.

Traduzido por: Juliana Torres em 11/09/2011.
Revisado por: Gabriel Amaral em 16/09/2011.
Postado por: Daniel Mählmann em 16/09/2011.