Winky

Harry Potter e o Cálice de Fogo

Capítulo 08

Winky é um elfo doméstico. Sua voz é alta e tem um guincho tremendo, e ela veste um pano de prato drapejado como uma toga. Ela é um elfo doméstico bem tradicional, e acredita que ser libertado é uma grande desonra.

Winky está sentada no penúltimo lugar da fileira da frente do camarote do Estádio de Quadribol. Ela fica curiosa quando Harry Potter a confunde com Dobby, e diz a ele que ela conhece o elfo, e se apresenta a Harry.

Winky diz a Harry que a liberdade está subindo a cabeça de Dobby, e fica horrorizada que Dobby esteja pedindo para ser pago desde que foi libertado da família Malfoy. Ela esconde seu rosto atrás de suas mãos, e diz a Harry que é impróprio que um elfo doméstico peça para ser pago. Winky diz que elfos domésticos não devem se divertir, e que eles devem fazer o que são comandados. Ela diz a Harry que apesar de ter medo de altura, quando seu mestre pediu que ela fosse ao camarote para guardar o seu lugar, ela obedeceu, porque ela é uma boa elfo doméstico e faz o que pedem.

Traduzido por: Aline Michel em 21/10/2013.
Revisado por: Mari Trevisan em 30/10/2013.
Postado por: Daniel Mählmann em 16/01/2014.

Capítulo 09

Winky passa por Harry, Rony e Hermione na floresta ao tentar escapar do caos no acampamento. Ela se move de um jeito bastante peculiar, aparentemente com grande dificuldade, como se alguém invisível estivesse tentando segurá-la. Harry sugere que ela é incapaz de fugir porque não pediu permissão a seu mestre.

Winky é encontrada na clareira, no local onde Harry, Rony e Hermione ouviram a Marca Negra sendo conjurada. Ela está inconsciente quando é encontrada, tendo sido atingida por um feitiço Estuporante lançado pelos bruxos do Ministério. Quando ela é acordada por Amos Diggory, Winky se agita debilmente e se coloca na posição sentada. Ela levanta seus olhos vagarosamente, vendo o rosto de Amos, e depois olha para a Marca Negra no céu, antes de irromper em lágrimas.

Winky nega fortemente que tenha conjurado a Marca Negra, e diz que não saberia como fazer. Apesar de ela ter sido encontrada com a varinha de Harry a seu lado, ela diz ao agregado de bruxos que só recolheu a varinha, e não realizou nenhuma mágica com ela. Ela diz que encontrou a varinha na floresta, entre os arbustos onde ela foi encontrada, e que não viu ninguém na área. Winky implora para que o Sr Crouch não a liberte, e fica horrorizada com o pensamento de ser presenteada com roupas. Ela chora tanto que seus soluços ecoam pelo campo, ela se agarra ao seu pano de prato quando o Sr Crouch diz a ela que ele não precisa de um elfo doméstico desobediente e que não tem nenhum respeito pela reputação de seu mestre.

Traduzido por: Aline Michel em 22/10/2013.
Revisado por: Mari Trevisan em 30/10/2013.
Postado por: Daniel Mählmann em 16/01/2014.